Causas do chulé
O maior causador do chulé não são somente os sapatos, mas a combinação do suor natural de seus pés com a falta de higienização diária de seus calçados e também pela deterioração do próprio material do sapato em contato com o suor ou pés molhados (chuva, banho) provocam o mau cheiro.
O chulé é uma situação constrangedora tanto para aqueles que têm quanto para aqueles que convivem com alguém que têm. É possível livrar-se desse incomodo e constrangimento com mudanças de hábitos, veja como:

Dicas de prevenção contra chulé
• Manter os pés sempre secos, enxugando-os muito bem após o banho, inclusive entre os dedos dos pés, além de prevenir contra o mau cheiro evita-se a micose.
• Aplicar sempre que possível um spray de lysol bactericida nos calçados e pés.
• Procure sempre ter uma toalha ao alcance para que sentindo os pés molhados, principalmente em dias de chuvas, poderem secá-los, evitando a proliferação de bactérias nos calçados e o chulé dos pés.
• Usar meias de algodão deixa os pés mais secos, pois absolvem muito mais a umidade e o suor natural dos pés evitando que a umidade passe para os calçados e crie um ambiente para proliferação de bactérias.
• Evite usar sapatos apertados e feitos de matérias plásticas
• Alterne sempre o uso dos calçados, o correto é limpar o calçado, secá-lo bem e deixar de usá-lo pelo menos um período de 24 horas.

 

Leia Mais:

0 Comentários

Você pode ser o primeiro a comentar.

Comentar